Seminário As One – 11/2021

Os participantes desse Seminário foram quase todos irmãos, filhos, sobrinhos, namorados e pais de pessoas que já fizeram o Seminário. Parece que dentro das pessoas que participam surge a vontade de enviar as pessoas mais próximas. Talvez sintam como o qualidade da relação muda quando aumentam ao redor as pessoas que passam por uma experiência de rever as coisas a partir do Zero. Pela primeira vez veio um jovem participante da Colômbia. Quem sabe foi plantado uma semente para levar o Seminário AsOne para os países da América Latina que falam espanhol?

Algumas vozes dos participantes:
“Pela primeira na vida me percebo como uma pessoa flexível. Sempre pensei de mim que tenho pensamentos fortes e sou teimosa, mas durante o Seminário comecei a me conhecer como alguém questionador. Isso me deixou muito mais tranquila. Não preciso ter respostas prontas para tudo, posso sempre pensar mais.” (Mulher, 28 anos)

“Vim da Colômbia para o Brasil em busca de uma vida mais significativa e fiquei surpreso de achar isso neste Seminário. Minha companheira me sugeriu o Seminário e estou muito grato pela oportunidade que tive de olhar para mim mesmo com tanta calma. Senti como as pessoas se abrem quando estão em um ambiente que não julga ou condena.” (Homen, 27 anos)

“Para mim, foi fundamental examinar uma situação que tive com a minha filha antes do Seminário. Foi surpreendente ver que eu estava acusando a minha filha de me causar sentimentos ruins, quando na verdade eu não estava ouvindo o que ela quis dizer para mim. Emoções fortes surgem dentro de nós quando as ideias sobre certo e errado tomam conta de nós. Vi o quanto faz diferença olhar para essas ideias e examinar se realmente existe algo tão fixo.” (Mulher, 73 anos)