A Idéia e o Método

Método ScienZ – A idéia e o método

O que é ScienZ

O termo ”Scien-z” são as iniciais SCIEN do “Scientific Investigation of Essential Nature”(Investigação Científica da Essência) e o Z do Zero (o zero significa vazio, nada, vacuidade, ponto básico, …).
Tentando ser mais simples, a expressão [Investigação Científica da Essência], também pode-se dizer que é a atividade sem as conclusões tais como [já entendi], [consegui fazer].
Estamos chamando de [ScienZ], a maneira de pensar que tenta conhecer a face interna / a verdade dos fatos / o princípio que está na base e o seu cenário.
A palavra [ScienZ] expressa a maneira de pensar que planeja/desenha a realização, investigando cientificamente a essência, utilizando/aproveitando ao máximo a inteligência do ser humano.
Pode se dizer que é, conhecendo o ser humano como ele é (a humanidade), o ato/ofício de viver a o ser humano como ele é(a sua humanidade).

A revolução do conhecimento do ser humano = método “onde quem quer que seja pode viver de acordo com o ser humano como ele é (a sua humanidade)

Tanto o [viver de acordo com o que o ser humano ele é], como [criar/construir a sociedade onde quem quer que seja pode viver com o seu desejo/coração original], de maneira nenhuma vai tornar a ser apenas desejando, apenas com o desejo, é necessário um método para a sua realização.
Estamos chamando de “Método ScienZ”, o método coeso e contínuo começando com [Conhecer o Ser Humano] até a [Realização Social] onde o ser humano pode viver de acordo com o que ele é (a sua humanidade).
[a autoconsciência do que é o pensamento do ser humano]
[o que é/como é o fato, o real]
[o que é/como é o original, a essência, a verdade?]

passando pelo processo acima, é um método a [realizar o ideal].
Podemos dizer que, conhecendo o ser humano, é o ato/ofício de viver de acordo com o ser humano como ele é (a sua humanidade).
Através da inteligência da pessoa, vai avançando a revolução do conhecimento do ser humano, avançando ao mesmo tempo, lado a lado, a reforma social e a reforma da face interna da pessoa.
É possível aplicar isso em qualquer coisa em qualquer lugar.

A libertação da Prisão – Uma nova forma de pensar
Nas palavras de Einstein:
“Nós, o ser humano, experienciamos como uma parte de um todo que chamamos de universo, como uma parte limitada no tempo e no espaço. Nós experienciamos a nós mesmos, as idéias e também as emoções, como algo estanque e separados de outros. É um tipo de ilusão da consciência.
Essa ilusão é um tipo de prisão, e nos amarra ao sentimento de amor que temos a pessoas mais próximas e a ambições individuais.
A nossa tarefa é nos libertar, por nós mesmos, desta prisão. Para fazer isso, precisamos expandir o círculo de compartilhamento/simpatia para a beleza de todas as coisas vivas e para toda a natureza. Os seres humanos não podem sobreviver a menos que adquiram substancialmente novas formas de pensamento “. Termina a fala de assim.
Na sociedade de hoje, fronteiras, propriedade, direitos e obrigações, contratos, responsabilidades, dinheiro, etc. são dados como coisas certas e corretas, e vivemos na ilusão de sermos indivíduos separados e estanques individualmente. Por essa razão, o mundo se tornou um lugar onde a existência de discórdias e conflitos são óbvias e naturais.
Um mundo totalmente diferente do “mundo único” que se naturalizou como uma obviedade.
Pensamos que está sendo necessária uma [nova forma de pensar] que coloca como base o mundo real, nos libertando da prisão da ficção.
Tornar a ser capaz de tratar a ficção como ficção, isto é, torna se o primeiro grande passo adquirir a autoconsciência de que a ficção é, nada mais nada menos, um pensamento do ser humano. No Método das ScienZ, “ o ponto de partida é a “autoconsciência de que é pensamento do ser humano”, e pela libertação dessa prisão, a inteligência original começa a agir, e torna possível avançar com “como está o real?”, como é/o que é o originalmente?